25 de out de 2010

Podagem de uma ávore

Época de poda

Em geral a poda deve ser feita após a floração

Tipos de Poda

Poda de Formação
Corta-se os ramos baixos, não deixando que se forme galhos antes da planta atingir 2m de altura. Essa técnica tem dois motivos.
O primeiro é que na natureza a árvore, por competição com outras espécies, alcança o sol apenas em determinada altura (geralmente acima de 2m), fazendo com que a formação de galhos só ocorra após esta altura.
O segundo motivo, destina-se à árvores plantadas em passeio público. A altura mínima para o galhamento das árvores na arborização urbana, é de 1,80m, para não impedir a livre passagem de pedestres.

Poda de Emergência

Para o caso de estar atrapalhando a Rede Elétrica, casas ou calçadas.
Neste caso, aconselhamos que antes de pensar na poda, pense em espécies adequadas para o local.
Este site tem como uma de suas finalidades este conhecimento, para que não ocorram mais estes erros, que em suma, representam um desrespeito à Mãe Natureza.

Tratamento pós-poda

Se os cortes forem efetuados dentro da técnica recomendada, basta que a árvore esteja saudável para que eles cicatrizem naturalmente.
Os galhos finos apresentam uma cicatrização mais rápida se a superfície de corte ficar lisa.
Para galhos mais grossos, pode-se fazer o tratamento no local do corte, com substâncias que visam impedir a ação de agentes nocivos.
As substâncias mais utilizadas são: calda bordalesa, parafina, mastique e cera de enxerto.
Nunca use substâncias corrosivas como piche, tintas, graxas ou alcatrão, pois destroem o tecido celular da árvore.

Nenhum comentário:

Postar um comentário